Menina de 12 anos já leu mais de 200 livros: paixão precoce

Ela tem 12 anos e já leu uma quantidade de livros que muitos levariam toda uma vida pra ler. Eduarda Fassina Silva coleciona a marca de 243 livros...

35 0
35 0

Ela tem 12 anos e já leu uma quantidade de livros que muitos levariam toda uma vida pra ler.

Eduarda Fassina Silva coleciona a marca de 243 livros lidos. E 100 deles só este ano. Isso dá uma média de 3,6 livros por dia, em 2017.

Quem começou a contabilizar esse feito foi a mãe, Angélica Fassina, que é a principal incentivadora da menina.

“Eu sempre tive o hábito de ler muito e lia histórias infantis pra ela, antes de dormir. Quando ela foi alfabetizada com 4 anos, eu combinei que, agora era ela quem iria ler pra mim”, disse Angélica ao SóNotíciaBoa.

E nesses mais de 200 livros não estão contabilizados os outros tantos que a adolescente leu na infância.

A pequena Eduarda contou ao SóNotíciaBoa que ler livros  leva a sonhar, a ter criatividade e ao conhecimento.

Se ela gosta tanto de leitura que é capaz de ler um livro em apenas um, ou dois dias.

Blog

Ah, e Duda como todos a chamam, passou a contar as obras lidas num blog chamado Happiness, há dois anos.

Aos 12 anos ela já pensou em ser médica, veterinária ou cantora, mas com livros ela revela:

“Eu acho que é o maior sonho.  Ter uma livraria, montar uma, ou trabalhar em uma biblioteca, fazer revisão de livros, trabalhar em alguma editora…”

Duda conta quais os autores que fazem seu coração bater mais forte.

Dos autores masculinos ela prefere Lewis Carroll e das mulheres, ela fica entre J.K. Rowling, de Harry Potter, Paula Pimenta e Thalita Rebouças.

Notícias boas

A menina também revelou que gosta de ler coisas, notícias boas.

“Eu acho que já tem muitas coisas ruins acontecendo no mundo, nas cidades, e ler coisas boas, tanto notícias quanto livros, é muito bom para sair da nossa realidade. Por isso que existe a frase famosa, de que os livros são nossas asas, que nos levam para lugares que nós gostaríamos de viver”, ensina a pré-adolescente.

Na feira do livro de Porto Alegre, Duda acabou virando atração por ser precoce, e mais nova que o público interessado, na faixa dos 18 anos.
Ela falou durante o Encontro de Influenciadores Literários no evento.

Tanta precocidade nos leva a fazer uma pergunta pra Duda…

Se fosse pra escolher entre os livros e o celular, qual seria a opção.

Adivinhe?

A resposta veio sem pensar: “Os livros”, diz Duda.

 

Fonte: Só Noticia Boa

In this article

Join the Conversation